O mais puro dos Venenos.


Já faz tempo que nossos olhares se encontram.
Já faz tempo que eu te esboço meu sorriso torto de paquera.
Mais como a única coisa que eu recebia em troca era seu sorriso tímido, eu deixei de lado.
O tempo foi, e hoje com uma simples pergunta sua, tudo voltou, o meu sorriso de canto tímido, o seu olhar envergonhado para o chão, e aquele cheiro do pior veneno do mundo também.
Com sua simples pergunta, minha mente sem limites, já voltou a me pedir o veneno, o vício, já voltou a pedir por amor.

2 comentários:

Andresa Alvez disse...

Parece que basta UMA palavra, pra tudo voltar, né? Te entendo!

Su M. disse...

Só volta aquilo que ainda existe, mesmo que não consigamos enxergar.
-
Ficou muito bom teu escrito. Fez sentido do começo ao fim, e terminou com um "BAM". Muito bom...muito bom mesmo.
Gosto desse teu ar inocente na escrita.

(L)

Postar um comentário