A elas...



Nunca fui uma pessoa de amar intensamente, sempre tive medo de amar, não como algumas pessoas que são exageradas, amam de mais, e rápido de mais.
Sempre tive que “testar” as pessoas antes de realmente achar, que elas poderiam ser confiáveis o bastante para que eu pudesse amá-las.
Sei que isso é a coisa mais egoísta do mundo, quem faz isso? Só uma pessoa muito tola, como eu.
Mais isso é de mim já, não sei por que sou assim, me questiono isso todo dia, acredite.
Mais, depois de muitos anos de procura, achei quatro pessoas que eu realmente posso dar todo o meu amor.
Uma me proporciona momentos únicos, me apresentou experiências novas, amigos novos (em fase de teste ainda. rs), coisas que eu gosto, e que pensava que ninguém no mundo gostasse também.
Falar de amor com ela é maravilhoso, ela entende, escuta, opina, brinca, ela é a melhor conselheira amorosa que eu tenho, por que nesses vinte anos de luta, acho que posso dizer que ela tem muita experiência.
A ela recorro quando preciso de cura.
A outra, me fez descobrir coisas que eu já tinha que achava chato, ficarem legais, divertidas, me ensinou muita coisa, me ensina ainda, todo dia aprendo coisas novas, e ela aprende comigo.
Com ela falar de qualquer coisa é maravilhoso, música, artes, mundo, fotos, tirar sarro da cara alheia, tudo, tudo o que você possa imaginar, ela entenderá, e terá uma boa resposta na ponta da língua para dar.
A ela recorro quando preciso de abrigo.
A outra me proporciona alegria, e isso posso falar de boca cheia é um sentimento mutuo, por que sei que sem mim, ela não consegue mais viver, sei que estou me achando aqui, mais eu sinto que pra ela, eu dou muita alegria, e ela me dá muita alegria, a que mais fala que cuida dos outros, é a que eu mais cuido, com ela sei que posso contar pra qualquer coisa, sei que no momento ela não está como deseja, mais também sei, que mesmo assim, ela fará de tudo para te acalentar, e te fazer feliz.
Minha preciosa, minha pequena boneca de vidro.
A ela recorro quando preciso sumir do mundo.
E principalmente a ela, eu digo com todo o meu ar, com todas as minhas forças, MUI-T-O O-BRI-GA-D-A!
Por ter aberto a porta desse novo mundo que estou conhecendo.
Agora ao pedaço mais carente do meu coração.
Ah, como eu a amo, ela é tão linda, divertida, meiga, tola, eu não sei explicar o sentimento que une nós duas, e acho que nem ela saberia, é a que agora está mais afastada, mais é a que eu mais vejo que precisa de mim, ela já me deu tantas coisas, tantas “informações valiosas” que nem ela sabe que deu.
Minha princesa da Disney, minha muléca, que no fim só quer ser amada.
A ela eu recorro quando preciso me sentir útil.
Quem nunca sentiu diferentes tipos de amor que atire a primeira pedra, por que pra mim, é impossível, sentir um amor só e amar todo mundo igual.
Quem fala isso está mentindo, por que não dá, todo mundo tem um valor diferente, eu aprendi a separar meu amor, amo todas, mais cada uma de um jeito diferente, cada uma é preciosa de um jeito pra mim.
Por isso não me julguem dizendo que sou egoísta, por que posso dizer meu coração é dividido em vários pedaços, mais os maiores são os delas!

1 comentários:

Andresa Alvez disse...

Todo mundo Ama a cada um de um jeito diferente, de ma maneira diferente. Porém, isso não quer dizer que a intensidade desse Amor é menor...
Sempre estarei aqui, sempre! Pra ser sua modelo, pra te fazer sorrir, pra ficar rindo contigo... Pra tudo!
Eu Te Amo Demais, MINHA Shcell ♥

Postar um comentário